11 964000424

©2018 by Soul Verde.

O CONCEITO DE "BEM VIVER"

December 23, 2019

 

"Decidimos construir uma nova forma de convivência cidadã, em diversidade e harmonia com a natureza, para alcançar o bem viver, o Sumak Kawsay*

trecho da constituição do Equador

 

Hoje resolvi falar de um tema que tive contato muito recente, mas me encantei e queria muito compartilhar com vocês neste último post do ano. Sem dúvida, ainda quero estudar mais e irei compartilhar este tema novamente com vocês, porém, da mesma forma que ele me encantou de primeira, acredito que irá conquistá-lxs, e como queria  muito terminar este ano com algo que nos alimentasse a chama da esperança, após este ano de 2019 que enfrentamos de muitos acontecimentos tristes no que tange o Meio Ambiente, lhes  apresento o conceito de "BEM VIVER".

 

DIREITO À NATUREZA é parte da Constituição do país Equatoriano desde 2007 graças ao economista, também equatoriano, Alberto Acosta e autor do livro “O Bem Viver: uma oportunidade para imaginar outros mundos", referência no assunto, e que levou outras nações a copiá-los, como a Bolívia, e países que simpatizam com a ideia, como Espanha e Alemanha. 

 

Com base nos povos indígenas, o conceito de "Bem Viver" se apresenta como algo que nos convida a voltar a sonhar, mas de olhos abertos, a pensar possibilidades de novos mundos, mas  sempre com pé no chão, entendendo os reais problemas e em qual ponto de partida nos encontramos. Por exemplo, o conceito é aberto ao diálogo saudável com o desenvolvimento, algo parte da nossa realidade, mas não ao modelo tradicional de crescimento infinito e insustentável, ou ao conceito de padronizações das nações, nos faz pensar em novas possibilidades de mundos mais realistas, justos e sustentáveis. 

 

Acosta como morador de um pais latino americano subdesenvolvido, chama a atenção para as injustiças no mundo, como o fato dos países ricos pregarem a redução dos impactos negativos ao Meio Ambiente permanecendo na posição de privilégio e mantendo seus níveis de riquezas fixos, enquanto que os pobres, para que não impactem, continuem sendo pobres, no lugar de uma verdadeira redistribuição do acesso à riqueza. 

 

"Somos seres em comunidade, temos que entender que somos parte da Natureza”. Esta é a frase de Acosta que norteia o conceito de "Bem Viver", e que pode ser definido pelos seguintes princípios:

 

  • A aceitação de estados plurinacionais, ou seja, reconhecer que dentro do seu território existem diferentes identidades nacionais e que as mesmas devem ser respeitadas por igual, além de efetivamente participativas. E Com essa visão plurinacionalista, será possível construir novas histórias, realidades, uma nova democracia, respeitando os povos originários, a diversidade e, principalmente, a Natureza;
     

  • Com uma visão mais colaborativa, o “Bem Viver” pede um novo modelo de economia, mais pautada na solidariedade, responsabilidade, integralidade e reciprocidade, algo diferente do que se vê ou viu, do que conhecemos do capitalismo e do socialismo;
     

  • Mudanças nos moldes de produção e consumo, buscando sempre uma qualidade de vida universal, e não no acumulo de capital;
     

  • Novas formas de produção, principalmente de alimentos, sendo mais locais - iniciativa zero quilômetro - que fortaleçam a soberania;
     

  • Participação plena na política, gerando contrapoderes influentes;
     

  • Fomentar a economia interna e externa ao mesmo tempo, de forma a serem complementares e não competitivas;
     

  • As necessidades humanas são o motor do processo e não as metas;
     

  • Repensar as organizações políticas tradicionais e os partidos, sendo a construção do “Bem Viver” algo autodependente e participativo;
     

  • O lema é crescer menos mas com qualidade;
     

  • Redução do tempo de trabalho e distribuição do emprego, sendo o trabalho direito e dever da sociedade que busca o “Bem Viver”;
     

  • Subtração do olhar objetificado dos seres humanos, passando de ameaça para promessa;
     

  • Combate à excessiva concentração de riqueza, levando a uma convivência sem miséria, discriminação e com o mínimo de coisas necessárias;
     

  • Possibilidade igualitária de escolhas para as pessoas, mesmo que com meios diferentes.

 

A primeira vista pode até parecer utopia todo esse papo, algo impossível de se alcançar. Porém, o conceito de "Bem Viver" é pensado para um novo mundo, não para este em que vivemos e que já provou ser insustentável. Einstein já dizia na sua citação, já bastante difundida mas não menos real; “Não podemos resolver problemas usando o mesmo tipo de pensamento que usamos quando os criamos”.

 

Por este motivo, neste fim de ano, época sensível à reflexão, quando as pessoas param para pensar o que querem e como o ano novo pode ser diferente, termino com este convite .. . Volte a SONHAR, pense como pode ser esse novo mundo, mas, principalmente, o que é necessário para que ele vire realidade!

 

A Soul Verde está sempre sonhando e colocado em ação o que acredita ser importante para este NOVO MUNDO, um mundo mais justo, sustentável e resiliente, e te deseja um 2020 ILUMINADO E COM MUITO VERDE!

 

Até 2020 !!!!

 

 

 

*"Sumak Kawsay, em tradução literal, seria a vida em plenitude, a excelência, o melhor, o bonito. Mas interpretado em termos políticos, trata-se da própria vida, uma mistura de ações e vontades políticas que significam mudanças para que não falte às pessoas o pão de cada dia, para que não existam essas desigualdades sociais de homens e mulheres. O Sumak Kawsay é o sonho, não apenas para indígenas, mas também para rodos os humanos”

Blaca Chancoso, indígena otavalenha.

 

 

 

Please reload

Our Recent Posts

RELAÇÃO ÁGUA E CIDADE

February 17, 2020

BIOFILIA

February 3, 2020

O CONCEITO DE "BEM VIVER"

December 23, 2019

1/1
Please reload

Tags

Please reload